top of page
Faixa retangular 2 VDA (3).png

Matérias, vídeos, entrevistas e mais...

Central de conteúdos - Vida de Advogado

Uma História de Persistência e Sucesso.


Antes que você querido(a) leitor(a) comente que essa matéria foge do conteúdo da página, gostaria de lembrar que já entrevistei a Nicole anteriormente e além dela ter feito Direito, passou no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, quando ainda estava em seu último semestre. E além disso, Nicole é nada mais nada menos que minha irmã, a qual eu tenho um enorme orgulho.

Isso posto, Nicole Lange de Almeida Pires, atualmente com trinta e dois anos de idade, funcionária pública, concluiu o curso de Direito pela FADITU – Faculdade de Direito de Itu em dezembro de 2013, sendo aprovada no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil em junho do mesmo ano com aprovação 9.9, considerada a mais alta naquele ano. Se tornou escrevente do Poder Judiciário em novembro de 2013, ingressando como assistente de sala de Juiz em maio de 2014. Pós-graduada em Direito Processual Civil pela FADITU – Faculdade de Direito de Itu em junho de 2015 e também pós-graduada em Direito Processual Civil pela Escola Paulista da Magistratura em novembro de 2017 e por fim aprovada agora em Abril de 2022 no 42º Concurso de Ingresso na Carreira do Ministério Público de Santa Catarina como 30ª colocada.

Pensa no orgulho que eu e toda a família estamos sentindo, pois além de acompanhar Nicole desde pequena, tenho propriedade para falar o quanto ela sempre foi uma aluna esforçada, fez escola da família durante a faculdade e sempre estudou nos seus tempos livres para alcançar seus méritos. Escolheu Direito por considerar uma carreira bonita que que possui uma variedade bem grande de opções de trabalho e em diversas áreas. E lá no fundo foi meio que incentivada por mim, claro, afinal eu era o irmão mais velho fazendo faculdade de Direito.

Nicole estuda desde 2015, estuda todos os dias da semana no período da manhã, e sempre que possível também no período da noite. Estuda inclusive aos finais de semana, quando de alguma forma não teve como estudar o que deveria durante a semana. A realidade é que sempre Nicole estava de portas fechadas em seu quarto estudando, abdicando de passeios e de muitos outros momentos de lazer. Prestou vários concursos, sempre batendo na trave. Porém, jamais desistiu e pelo contrário, se esforçou ainda mais pegando os pontos onde errava e se dedicando ainda mais, sempre conciliando o trabalho, a família, a casa, o cachorro e tudo o mais, sem abrir mão e nem deixar nada de lado.

Quando depois de tanto esforço, em meados de 2021, começou a simplesmente passar em vários concursos ao mesmo tempo, sendo aprovada nas primeiras fases dos concursos do Ministério Público do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, da Magistratura de São Paulo e alguns outros, sendo que alguns destes, até o fechamento da matéria, Nicole ainda fará a segunda fase e em outros a terceira, e sendo aprovada recentemente no Ministério Público de Santa Catarina.

E vocês acham que Nicole, por ter sido aprovada em Santa Catarina, onde provavelmente pretende ficar, simplesmente parou? Nada, mesmo já aprovada, foi prestar a primeira fase do concurso do Ministério Público de São Paulo e já esta com viagem marcada para a próxima fase do Ministério Público do Rio Grande do Sul.

“Meu conselho seria planejamento, organização e persistência. Mais vale uma hora bem estudada, do que três de estudo sem compromisso e com distrações. Não pense que ter menos tempo te impede de ser um bom concorrente nos concursos. Com uma boa divisão do tempo de estudo das matérias é possível atingir um bom rendimento. Às vezes quem tem mais tempo disponível acaba estudando menos do que quem não tem”. Isso foi o que Nicole me respondeu na última vez que a entrevistei, quando justamente ela prestava os concursos e sempre batia na trave.


Ela não desistiu, ela tinha um sonho, ela acreditou, ela correu atrás e fez a sua parte e diga-se de passagem, muito bem feita. E eu quis escrever essa matéria, não por estar orgulhoso da irmã que eu tenho, claro, também estou, mas para mostrar que é possível, não é um monstro de sete cabeças, e que as lágrimas que tanto caíram de seus olhos quando não conseguia ser aprovada, agora caem de alegria e satisfação e as nossas, familiares de orgulho e emoção.


P.S: A primeira foto foi tirada quando Nicole foi fazer o Exame de Tribuna e a última quando do Exame Oral para o Concurso de Carreira do Ministério Público de Santa Catarina.

155 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page